Avião Militar Russo cai com 92 Passageiros no Mar Negro

26
ProgramaNoitecomDeusNovo.jpg

Um dia após a celebração do Natal, a Rússia está de luto. O avião militar Tupolev Tu-154 decolou do balneário de Sochi, no sudoeste da Rússia e seguia para a base aérea de Hmeimim, na Síria, mas caiu no Mar Negro com 92 passageiros a bordo, não deixando nenhum sobrevivente.

BannerPauloeSilas.jpg

O Ministério da Defesa Russo, segundo informações do UOL Notícias Internacional, informou que criará uma comissão para investigar a causa da queda, liderada pelo primeiro-ministro Dmitri Medvedev.

A Rússia que recentemente teve seu embaixador assassinado ao vivo durante uma entrevista por um terrorista fiel ao Estado Islâmico, por atuar em parceria com o governo Sírio desde 2015 contra os radicais na cidade de Aleppo, situada ao norte e a maior do país, certamente não descarta qualquer possibilidade para os motivos da queda do seu avião militar.

Na lista de passageiros, além de 64 membros do coral Alexandrov, estavam também oito militares, jornalistas, os tripulantes e a responsável por uma organização de caridade que levava medicamentos para o Hospital Universitário de Latakia, também segundo as fontes do referido portal de notícias.

Diversas autoridades mundiais já prestaram condolências a Rússia por essa tragédia que pode se desdobrar em mais um capítulo do conflito envolvendo os radicais islâmicos e os russos, muito embora até agora não exista comprovação de qualquer ação terrorista no episódio.

Este já é o quinto acidente aéreo registrado no mundo apenas no mês de dezembro, tendo quatro deles ocorridos no Brasil. O mais recente ocorreu no dia 23, quando um avião de pequeno porte, modelo BE-58, que seguia para Tabatinga, no Amazonas, caiu matando três dos quatro passageiros a bordo.

Fonte: Gospel Mais

BannerElos640x90.jpg