Como entender a Bíblia?

12
ProgramaNoitecomDeusNovo.jpg

Tema: ESTUDO BÍBLICO

BannerPauloeSilas.jpg

João 5.39

Introdução: Muito mais do que falar da Bíblia, precisamos que a própria Bíblia fale conosco. Sem o entendimento real das Escrituras, parece que estamos lendo um jornal estrangeiro antigo, impossível de se compreender. Mas quando deixamos a Palavra entrar em nosso coração e entramos dentro das palavras da Bíblia, parece que vivenciamos tudo o que estamos lendo.

Você entende a Bíblia?

Baseados na expressão de Jesus em João 5.39, vamos encontrar 3 chaves para entender a leitura bíblica:

1- ESTUDO: “Examinais as Escrituras”

A primeira chave para abrir o entendimento é o estudo bíblico. Ao se referir à leitura Bíblica, Jesus ensinou que devemos não apenas ler, mas examinar o texto. Jesus sabia ler (Lucas 4.16 e 17) e escrever (João 8.8) e desde criança já buscava conhecimento (Lucas 2.46 e 47).

Examinar significa ler com profundidade como se estivesse procurando algo. Isso mostra que não podemos ler apenas uma vez, mas várias leituras seguidas são necessárias para o entendimento real do texto. Também podemos usar ferramentas como dicionários, enciclopédias ou auxílio de alguém que entenda melhor a Bíblia. Porém acima de tudo isto deve estar o esforço do leitor em descobrir a Palavra de Deus através da leitura bíblica.

O estudo bíblico demanda tempo. À medida que vamos acostumando com as expressões, vamos entendendo mais o texto bíblico. A “Palavra de Deus é viva e eficaz” (Hebreus 4.12), capaz de auto explicar-se, ou seja, um texto ajuda a compreender o outro. Por isso é preciso aprender a pesquisar até ser alguém que “maneja bem a palavra da verdade” (II Timóteo 2.15).

Examine a Bíblia, não apenas leia!

 

2- DEVOCIONAL: “porque julgais ter nelas a vida eterna”

A segunda chave para abrir o entendimento bíblico é a leitura devocional. A espiritualidade está na Bíblia, pois “toda a Escritura é inspirada por Deus” (II Timóteo 3.16). Então devemos fazer uma leitura que nos inspire a uma devoção espiritual maior.

Além disso, a compreensão da Bíblia vem a partir da aplicação prática das verdades encontradas, porque o conhecimento bíblico também é “útil” (II Timóteo 3.16), funciona, pois é “eficaz” (Hebreus 4.12) e devemos ser “praticantes da palavra e não somente ouvintes” (Tiago 1.22). Quando experimentamos praticar os ensinamentos da Bíblia, então compreendemos o significado real de suas palavras.

Muitos estudiosos da Bíblia se tornam verdadeiros fariseus versados na lei, mas não aplicam à vida pessoal. Também existem muitas pessoas que leem a Bíblia como um livro de regras morais e cerimoniais, sem espiritualidade exigindo mais dos outros do que de si mesmos (Mateus 23.13). Ainda existem os estudiosos que se já não bastassem os termos diferentes da Bíblia, ainda criam outras palavras difíceis da teologia, que só eles entendem. Isso tudo dificulta o estudo Bíblico para quem está começando.

Um estudo devocional da Bíblia baseia-se em leitura associada à oração e aplicação prática dos ensinamentos bíblicos. Você pode fazer isso simplesmente orando antes e depois da leitura bíblica, pensando em como tirar proveito do que entendeu em sua vida pessoal. Quando não compreender o significado do texto ore novamente pedindo ao “Autor e Consumador da fé, Jesus” (Hebreus 12.2) que te ajude a compreender.

À medida que aprendemos a ler a Bíblia de maneira devocional, ou para a devoção espiritual, passamos a ter necessidade de se alimentar das Escrituras como fonte de sabedoria para a vida diária.

Leia a Bíblia de forma Devocional!

3- REVELAÇÃO: “e são elas mesmas que testificam de mim”

A terceira chave para abrir o entendimento bíblico é a busca da revelação da pessoa de Jesus em cada texto. O propósito da leitura bíblica vai além de conhecimento da história ou até de si mesmo, reconhecendo sua necessidade de mudança diante dos ensinamentos. Mais que tudo isso, devemos ler a Bíblia para conhecer mais a Deus.

Sabemos que a revelação máxima de Deus está na pessoa do Senhor Jesus Cristo (Hebreus 1.1-3). Além disso, Jesus, “o verbo se fez carne” (João 1.14) tornando-se a Palavra viva de Deus entre nós. Então através das Escrituras encontramos a revelação da pessoa de Jesus. Ao ler a Bíblia encontramos a verdade que liberta (João 8.32) e Jesus é “o caminho, a verdade e a vida” (João 14.6).

Quando um livro é lançado e o escritor faz uma seção de autógrafos, muitas pessoas fazem fila para conhecer o autor e depois ter em mãos um livro original com a assinatura de quem o escreveu. Deste modo quando conhecemos a Jesus, sabemos quem é o Autor da Bíblia então lemos com a convicção da verdade de suas palavras.

Quando os caminhantes de Emaús iam para casa e Jesus lhes explicou a Palavra, sentiram seu coração ardendo e reconheceram ao Mestre no partir do pão (Lucas 24.32). Certa vez um eunuco lia as escrituras, mas não compreendia o texto, “então, Filipe explicou; e, começando por esta passagem da Escritura, anunciou-lhe a Jesus” (Atos 8.35). Assim, devemos buscar conhecer a Jesus através da Bíblia.

A leitura da Bíblia traz Revelação do seu Autor: Jesus!

Você pode entender a Bíblia!

CONCLUSÃO:

Com estas três chaves, conseguimos entender a Bíblia. Primeiro devemos estudar levando a sério sua leitura. Depois que estudamos o significado das palavras, fazemos uma aplicação pessoal em oração pedindo a Deus o entendimento prático do texto. Então através do estudo bíblico passamos a conhecer mais a Jesus, sendo-nos revelada a verdade da Palavra de Deus.

As chaves estão na sua mão: ABRA!

E-book: Interpretação Bíblica

Como Ler, Estudar e Compreender a BÍBLIA?
Aprenda a ler, estudar, compreender a Bíblia de forma simples e prática.
A Bíblia é ou apenas contém a Palavra de Deus? Como um livro fechado, para mentes e corações fechados, a Bíblia apenas contém a Palavra de Deus. Já para quem se abre diante das letras nela impressas com mente e coração dispostos a compreender, a Bíblia é a voz de Deus falando direta e profundamente.

Fonte: Esboço Sermão

BannerElos640x90.jpg