Francisco Silva, dono da rádio Melodia FM e ex-deputado federal, faleceu aos 79 anos

2
ProgramaNoitecomDeusNovo.jpg

O empresário e ex-deputado federal Francisco Silva, dono da Rádio Melodia FM, no Rio de Janeiro (RJ), faleceu na última sexta-feira, 06 de outubro, em decorrência de uma doença degenerativa nos rins, chamada mielodisplasia.

Oliveira Francisco da Silva nasceu na cidade de Cunha, interior de São Paulo, em 1938. Antes de comprar a Melodia FM, foi apresentador do programa Cristo em Casa e dono da Rádio Copacabana AM. Na política, se elegeu deputado federal três vezes, sendo o mais votado do Rio de Janeiro em 1994, segundo informações do jornal O Estado de S. Paulo.

BANNERPUBLICIDADE720x90.jpg

“Internado no CTI do Hospital Samaritano, no Rio de Janeiro, desde sexta-feira passada, ele teve, na madrugada desta sexta, uma piora no quadro geral, acarretando a falência múltipla dos órgãos. Conforme seu desejo, Francisco Silva será cremado em cerimônia reservada aos familiares”, comunicou a direção da Rádio Melodia.

Além de ter sido um empresário visionário, Silva também apadrinhou a carreira política de um polêmico político evangélico: Eduardo Cunha (PMDB), ex-presidente da Câmara e atualmente preso após condenação por corrupção, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. Em 1998, ano da última candidatura de Silva, ele lançou Cunha também como candidato a deputado.

Homenagens

O deputado federal Arolde de Oliveira (PSC-RJ), amigo pessoal de Silva e concorrente no ramo das emissoras de rádio, lamentou a morte de Francisco Silva.

“Francisco Silva, além de ser um grande amigo da família, foi um grande visionário ao transformar a programação da Rádio Melodia em um formato evangélico. Foi responsável em levar a música evangélica para as ruas e para fora da igreja, agregando um serviço pedagógico à Melodia”, comentou.

“Fico muito triste com seu falecimento. Hoje temos que preservar a significativa história de Francisco Silva diante do povo do Estado do Rio de Janeiro”, finalizou, de acordo com informações do portal Pleno News. Cantores como Shirley Carvalhaes, Eyshila, Fernanda Brum, Léa Mendonça e outros usaram as redes sociais para lamentar a morte do empresário e prestar uma última homenagem.

O velório foi realizado no Palácio Tiradentes e compareceram o governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) e o prefeito do Rio, Marcelo Crivella (PRB), além de deputados federais e estaduais e outras autoridades. “Em cada lar do Rio há uma lágrima de saudade dele. Perdemos um paulista carioca de coração”, disse Crivella.

“Tinha profunda admiração pelo ex-deputado Francisco Silva, que sempre me apoiou quando era prefeito. Ele foi um grande empreendedor, comunicador e empresário. O Rio de Janeiro perde muito”, comentou o governador Pezão.

Trajetória

Francisco Silva foi presidente do Instituto Fleming do Brasil entre 1985 e 1987. Comprou a Rádio Melodia, de programação exclusivamente evangélica, em 1986.

Em 1988, filiou-se ao Partido Democrata Cristão (PDC), legenda pela qual elegeu-se deputado federal em 1990. Filiou-se ao o Partido Social Trabalhista (PST) em 1992. Em 1993 – ano em que tornou-se proprietário da Rádio Brasil AM do Rio de Janeiro -, ingressou no Partido Progressista (PP).

Reeleito em 1994 pelo PP, foi um dos fundadores do Partido Progressista Brasileiro (PPB), resultante da fusão do PP com o Partido Progressista Reformador. Em 1998, foi reeleito deputado federal pelo PPB. Também foi secretário de estado de Habitação na gestão de Anthony Garotinho no governo do Rio de Janeiro.

Fonte: Gospel Mais
VEJA AQUI AGORA: Este é o seu canal de notícias no Youtube
Marcelo Rezende Teria Deixado Herança de R$ 12 Milhões, Diz Colunista

BannerElos640x90.jpg