Jotta A bêbado em vídeo com Daniela Araújo reacende escândalos; Cantor pediu perdão

0
ProgramaNoitecomDeusNovo.jpg

Álcool e direção. O mix frequentemente desaconselhado pelas autoridades, mídia e opinião pública esteve reunido em uma ocasião em que os cantores Jotta A e Daniela Araújo, embalados por Vodka, fazem piada com línguas estranhas e ritmos diversos.

O vídeo, vazado na última quarta-feira, 06 de setembro, tem indícios que apontam que é um registro já antigo, pois quem dirige o veículo onde os cantores se dirigem para alguma festa é Victor Romanini, ex-namorado de Daniela Araújo.

BANNERPUBLICIDADE720x90.jpg

Jotta A, sentado no banco traseiro do carro, segura uma garrafa de Vodka e faz imitações de línguas estranhas – expressão comum em igrejas pentecostais associada à manifestação do Espírito Santo -, enquanto Daniela Araújo, Victor Romanini e outras duas pessoas não-identificadas riem da performance do artista.

Quando Daniela Araújo troca a música dizendo “adorar música de bandido”, Jotta A aproxima uma pequena embalagem do rosto e, ao ver a cena, Daniela Araújo interrompe e pede: “Tá cheirando bom”, diz ela. O diálogo fez surgir a suspeita de que o conteúdo da embalagem fosse droga.

Embora seja curto, o vídeo reacende a polêmica iniciada há aproximadamente um mês, quando Victor Romanini divulgou áudios gravados em uma discussão entre ele e Daniela Araújo, revelando o uso de drogas e um vocabulário tenebroso por parte da cantora.

“O mundo quer me fazer pensar que ainda sou jovem, e por isso então devo desfrutar da juventude com prazeres que na verdade só vão envelhecer a minh’alma”, diz trecho da canção Juventude, de Jotta A.

Assista ao vídeo:

Perdão

Diante da repercussão, Jotta A veio a público para admitir que havia errado e que estava arrependido. O cantor também destacou que já pediu perdão a Deus e que sentia que Ele o havia perdoado, e revela que não tinha usado cocaína, e sim, comido amendoins.

Confira a íntegra da Carta Aberta publicada por Jotta A em sua página no Facebook, com uma referência ao Salmo 32:

“Enquanto calei os meus pecados, envelheceram os meus ossos pelos meus constantes gemidos todo o dia” (32:3).

Gostaria de me desculpar e me responsabilizar publicamente pelo o que supostamente “vazou” ao meu respeito, mesmo sabendo que tudo isso foi intencionado. Os meus momentos de fraqueza no passado se tornaram público e mesmo que eu assuma que estava segurando uma garrafa de Vodka, comendo amendoim e não usando drogas, falando coisas imprudentes nas quais peço perdão a Deus e à igreja, eu não venho justificar os meus erros.

Já faz um tempo que estou recomeçando minha vida espiritual conforme venho testemunhando em minhas ministrações, e essa é uma chance que Deus me deu de me livrar do meu passado, pois infelizmente fui conivente a hipocrisia que eu vivia no momento. Como todos sabem lancei a pouco tempo um CD chamado #Recomeçar e me expressei sobre meu recomeço através deste álbum, mas não foi o bastante para os que me acusam, então prefiro expor a minha verdade, do que tentarem atrelar o meu futuro ao meu passado.

Para os interessados, no pico da minha fraqueza e descobertas, exponho, que na minha adolescência eu vivi experiências sexuais, tive experiências com bebidas alcoólicas (não me tornei viciado em nenhuma dessas substâncias), fui imprudente nas minhas amizades e brincadeiras, tive a infelicidade de ter trabalhado com pessoas desonestas que me prejudicaram e me fazem responder hoje por coisas que não tenho culpa e talvez você deve estar se perguntando ‘ele fazia eventos mesmo assim’? Sim.

E mesmo se minhas desculpas fossem por causa da minha adolescência, ou porque foi consequência da responsabilidade que assumi desde criança, nada justificaria o meu passado e as escolhas que fiz. Talvez você está se perguntando o porque que estou fazendo isso? Bem, é que agora estou livre do meu passado, não temo mais ele e mesmo sabendo que por causa deste post, muitas pessoas vão procurar vídeos vazados ou coisas deste tipo para repagina-los, o meu futuro não será mais atrelado a ele.

Já faz um tempo que eu voltei pra Cristo, e estou tão indignado quanto a você de tudo o que fiz. Deus me deu uma nova chance, mesmo que você queira me julgar, fique à vontade, meu passado é todo seu, pois não quero mais ele. Deus me confiou um futuro e não vou desperdiça-lo. Tudo o que estou fazendo agora é com o coração leve e em consciência do apoio da minha família, dos meus pastores e intercessores. Conto com as orações de todos.

“A Reforma começou primeiro em mim”.

José Antônio (Jotta A)

Fonte: Gospel Mais

BannerElos640x90.jpg