Suécia nega autorização de trabalho para cristã que poderá enfrentar a morte se for devolvida ao Irã

1
ProgramaNoitecomDeusNovo.jpg

Uma atriz cristã iraniana cujo pedido de asilo foi rejeitado pelo governo sueco ainda enfrenta a deportação e não pode trabalhar para se sustentar.

Aideen Strandsson disse à CBN News que recentemente recebeu uma proposta de emprego como desenvolvedora de tecnologia para a empresa sueca de telecomunicações Ericsson. Mas ela não pode aceitar o emprego porque ainda é residente ilegal aos olhos do governo sueco.

BANNERPUBLICIDADE720x90.jpg

Seu pedido ao governo para uma licença de trabalho temporário para permitir que ele trabalhe na Ericsson foi rejeitado.

CBN News foi o primeiro a denunciar que a Suécia negou o pedido de asilo de Strandsson como cristã refugiada do Islã, e havia encaminhado o seu caso para a polícia de fronteira sueca para eventual deportação para enfrentar o regime islâmico radical no Irã.

Os especialistas dizem que Strandsson poderia ser presa, sofrer estupro e, possivelmente, a morte se a Suécia a envia-la para lá.

Sua deportação seria uma clara violação da Convenção de Genebra sobre Refugiados.

Devido a um protesto internacional após a história da CBN News, o governo húngaro soube de seu caso e anunciou em seu site oficial que se Strandsson “procurar ajuda na Hungria, o Estado húngaro está pronto para reconhecer a mulher iraniana como refugiada … “

Strandsson recebeu ofertas de ajuda de todo o mundo, mas ela diz que deveria ficar na Suécia porque ela tem família lá e porque sente que seria um erro se afastar do que ela chama de “injustiça”.

Strandsson, que estrelou o cinema e a televisão no Irã, deixou o Islã e tornou-se cristão depois de ter um sonho sobre Jesus.

Ela chegou à Suécia em 2014 com um visto de trabalho e recebeu um batismo público, e já recebeu ameaças de muçulmanos devido à sua conversão.

Fonte: Portal Padom

VEJA AQUI AGORA: Este é o seu canal de notícias no Youtube
Pastor diz que bicicleta é “instrumento do Diabo” e rouba a virgindade das mulheres

BannerElos640x90.jpg